DGS – 20 de Julho de 2020 – SISTEMAS AVAC EM TEMPOS DE COVID-19

SISTEMAS AVAC EM TEMPOS DE COVID-19

AQUECIMENTO, VENTILAÇÃO E AR CONDICIONADO

Os sistemas AVAC podem ser utilizados durante a pandemia COVID-19, desde que sejam cumpridas as seguintes regras:

  1. Limpeza e manutenção de acordo com as indicações do fabricante, por empresa certificada – “ALFIBRAGA” – para serviços de instalação e manutenção de Sistemas AVAC;
  2. Direcionamento do ar para cima, de forma a não incidir directamente sobre os ocupantes do espaço;
  3. Renovação frequente do ar, de forma a assegurar, sempre que possível, uma boa ventilação nos espaços.
  • Sistemas individuais (como habitações pessoais):
  • A renovação do ar pode ser conseguida, se for possível, através da abertura de portas ou janelas, nos períodos de menor calor e quando não há incidência direta do sol;
  • Manter os sistemas de extração das instalações sanitárias ou casas de banho em funcionamento contínuo.
  • Sistemas de edifícios de comércio e serviços (aplicável também a estabelecimentos de ensino e de apoio social, entre outros):
  • Cumprir a Portaria n.º 353-A/2013 e demais legislação aplicável;
  • Estando o espaço ocupado, garantir o máximo de caudal de ar novo. Se necessário, colocar em funcionamento equipamentos de climatização;
  • Alterar a ventilação para o caudal nominal, sempre que possível, pelo menos 2 horas antes da abertura;
  • Alterar a ventilação para o caudal mínimo, sempre que possível, pelo menos 2 horas após o encerramento;
  • As unidades de tratamento de ar com recirculação devem funcionar com 100% de ar novo, sempre que possível;
  • Desligar os permutadores de calor rotativos, sempre que possível;
  • Manter os ventiloconvectores e outros equipamentos terminais em funcionamento, sempre que estes introduzam ar novo exterior ou quando exista um sistema de ventilação independente;
  • Manter os sistemas de extração das instalações sanitárias em funcionamento contínuo.

DGS – 20 de Julho de 2020: Sistemas AVAC